Obra por Administração
Obra por Administração

Obra por administração. O que é?

O regime de construção utilizado atualmente pela V&P é por administração, ou “obra a preço de custo”, no qual a construtora executa a obra e cobra uma taxa de administração sobre os custos de materiais e mão de obra que serão utilizados, ou seja, os proprietários das unidades são os donos do negócio, cabendo à V&P somente a administração do empreendimento. Todo o recurso utilizado é custeado diretamente pelos adquirentes (condôminos) e todas as contribuições financeiras, relacionadas com a construção, são depositadas em uma conta bancária aberta em nome do condomínio (que normalmente é feito através de uma Sociedade de Propósito Específico – SPE). Nesta modalidade de construção o cliente sabe exatamente o custo de cada item da obra e a porcentagem da taxa de administração é fixado no início da obra, calculado com base no orçamento preliminar da construção e reajustado mensalmente pelo Índice da Construção Civil do Rio de Janeiro (ICC-RJ), ou  Índice Nacional da Construção Civil (INCC), assim como o próprio orçamento da obra.

Este regime de construção é bastante utilizado entre empreendimentos imobiliários de pequeno e médio porte, pois proporciona uma maior flexibilidade ao projeto, o que significa que os adquirentes podem personalizar suas unidades dentro de critérios da V&P. É uma excelente opção para quem pretende investir em imóveis e fazer seu capital render, pois o adquirente terá certeza de que a sua aplicação será convertida em lucro.

Ao contrário do que ocorre nas Obras por Incorporação (preço fechado), a Obra por Administração elimina os juros de financiamento e o lucro do incorporador, gerando uma otimização substancial de custo, diminuindo o valor do investimento. Sendo assim, a V&P orça a obra, sem gorduras embutidas e coeficientes de segurança que majoram o preço do imóvel. É comprovado por especialistas: a Obra por Administração permite atingir preços até 40% abaixo do regime de Obra por Incorporação (preço fechado). Além disso, não existe a possibilidade de haver um “superlucro” embutido, pois os condôminos já sabem antecipadamente quanto caberá à construtora em termos de remuneração.

Nos termos da Lei nº 4.591/64, todas as faturas, duplicatas, recibos e quaisquer documentos referentes às transações ou aquisições para construção serão emitidos em nome do Condomínio de Obras ou Sociedade de Propósito Especifico (SPE) constituída para execução desta obra.

E você? Já pensou em morar num empreendimento personalizado? Ou investir num imóvel pagando o preço de custo e, ao término da obra, perceber sua valorização de aproximadamente 30%? Independente de qual seja sua finalidade, podemos garantir que o objetivo da V&P é realizar os sonhos de seus clientes. Nossa conduta é pautada na transparência, trabalhamos com um alto padrão de construção, buscamos a perfeição dos acabamentos e, principalmente, priorizamos o cumprimento dos nossos prazos. Esses são alguns fatores que fazem da V&P hoje, referência no mercado imobiliário.

V&P, seu sonho mora aqui.

loading...
carregando
Atendimento Online

Insira seus dados e inicie uma conversa